Pesquisar

Paróquia da Lombada

58 anos a caminhar com Maria

Vida Paroquial de 20 a 27 de janeiro de 2019

50292226_2225575974371809_5697008805129224192_o

Anúncios

O Santo do “deserto”

captura de ecrã 2019-01-20, às 18.57.54Celebrou a Igreja, na quinta- feira passada, dia 17 de Janeiro, o dia de Santo Antão, também conhecido como Santo Antão do Deserto, Santo Antão do Egito, entre outros.
A vida de Santo Antão foi relatada por Santo Atanásio de Alexandria e segundo este, Santo Antão terá nascido no Egito, no ano 251 e falecido em 356, com 105 anos de idade.

Nascido e criado numa família cristã, Santo Antão perde os pais muito novo, com cerca de 20 anos. Um dia ao passar por uma igreja, lia-se o Evangelho e, ao ouvir a passagem em que Jesus aconselha o jovem rico “Se queres ser perfeito, vende tudo o que tens… Depois vem e segue- me” (Mateus 19, 21-22), Santo Antão decide distribuir todos os seus bens aos pobres e vai viver como eremita no deserto da Tebaida, na margem oriental do rio Nilo. Lá, sofreu muitas tentações, muitas mais que Jesus, mas a todas resistiu, por amor a Deus, orando, jejuando e sobretudo silenciando, escutando Deus no seu coração… mas não deixando, quando necessário, de ir ao encontro daqueles que sabia que dele precisavam.
E nós? Será que não deveríamos também fazer silêncios, interpor desertos na nossa vida? Deserto, significa tempo de paragem, revisão, mudança, escuta. No silêncio, aprendemos a escutar o outro. No nosso mundo há muito barulho, muita correria, muita agitação. Há palavras a mais e silêncios a menos. É preciso parar – pensar… avaliar êxitos e fracassos… silenciar… – e ouvir a voz do silêncio. E nesse silêncio, ouvir a voz de Deus e as respostas que Ele tem para nós.

Anabela Aveiro – Paróquia de Gaula
in a semente nº 96

A Semente/Rádio- 82º Programa

a semente nº 96

captura de ecrã 2019-01-20, às 18.57.46

Visita aos presépios

No passado dia 27 de dezembro o grupo do 7º volume de catequese, cumprindo um dos projetos a que se propôs, fez uma visita aos presépios dos catequizandos e catequistas. A visita iniciou-se pelos presépios das catequistas seguindo-se os presépios dos catequizandos. Também foi visitado o presépio de uma família que pediu que fosse incluída na visita. Foram momentos de boa disposição, de partilha e de louvor a Jesus nascido. Além de ter permitido que o grupo se conhecesse melhor, possibilitou a prova de bons petiscos e uma caminhada através de veredas que alguns desconheciam. O objetivo foi cumprido e ficou o pedido de repetirmos para o próximo ano!

Aqui ficam algumas fotos que fazem o registo da visita.

Auto de Natal 2018

Ainda estamos em tempo de Natal!
Porque houve um trabalho muito grande de toda uma equipa que envolveu crianças, jovens e adultos, na preparação do Auto de Natal deste ano, deixamos aqui uma pequena mostra de como decorreu essa apresentação. A todos os que possibilitaram que esta atividade fosse não só da catequese mas de toda a paróquia, um muito obrigado! Parabéns a todos os participantes que se empenharam nos ensaios proporcionando-nos um ambiente de verdadeiro nascimento.
Um agradecimento especial ao Nelson Rodrigues que esteve na filmagem do auto e à Mónica Dias que o editou.

Vida paroquial de 13 a 20 de janeiro de 2019

49835364_2220747708187969_4569659282399690752_o

Mensagem de D. Nuno Brás à Diocese do Funchal

Papa Francisco nomeia D. Nuno Brás como Bispo do Funchal

49730766_2221180721478001_7769352910818770944_o

A Santa Sé tornou público, às 11h, de sábado, 12 de janeiro, que o Papa Francisco nomeou o Bispo Auxiliar de Lisboa, D. Nuno Brás da Silva Martins, como novo Bispo do Funchal. Ao mesmo tempo o Papa Francisco aceitou a renúncia ao governo pastoral da Diocese do Funchal apresentada por D. António Carrilho, conforme estabelece o Cânone 401§1 do Código de Direito Canónico.

Até à tomada de posse do novo Bispo D. Nuno Brás, D. António Carrilho governará a Diocese como Administrador Apostólico.

Assim, a partir do dia 12 de janeiro, a menção dos nomes dos pastores da nossa Igreja deverá seguir o seguinte modelo extraído da Oração Eucarística II: “Em comunhão com o Papa Francisco, o nosso Administrador Apostólico António e todos aqueles que estão ao serviço do vosso povo”. “A partir do dia da tomada de posse, o nome do Bispo deve ser proferido na Oração Eucarística por todos os presbíteros que celebrem Missa dentro da Diocese. Logo, a partir da tomada de posse, a menção dos nomes dos pastores de nossa Igreja deverá seguir o seguinte modelo extraído da Oração Eucarística II: “Em comunhão com o Papa Francisco, o nosso Bispo Nuno e todos aqueles que estão ao serviço do vosso povo”.

A Tomada de Posse do Novo Bispo acontecerá no Domingo, dia 17 de fevereiro, às 16h na Sé do Funchal.

 

retirado do site www. diocesedofunchal.com

D. Nuno Brás é o novo Bispo do Funchal

captura de ecrã 2019-01-13, às 21.35.47Caríssimos cristãos da diocese do Funchal. Recebi há dias a notícia de que o Papa Francisco me envia para junto de vós como vosso Bispo. Acolhi esta decisão do Santo Padre com um misto de temor e confiança: temor porque tenho consciência das minhas limitações; confiança porque sei que Jesus estará sempre comigo e não me abandonará. Neste momento, quero saudar-vos a todos. Quero saudar as muitas comunidades da Madeira e do Porto Santo que, na nossa região ou no estrangeiro, louvam o Senhor e procuram viver o Evangelho. Quero fazê-lo com as mesmas palavras do Apóstolo: “A graça e a paz de Deus nosso Pai e de Jesus Cristo nosso Senhor, estejam convosco” (Ef 1,1). Mas deixai que, nesta ocasião, me dirija com uma especial gratidão aos Senhores D. António Carrilho e D. Teodoro de Faria, a quem, de há muito, me ligam laços de sincera amizade. Depois, deixai que saúde todos os sacerdotes que servem a nossa diocese, bem como os membros das famílias religiosas que, na Madeira, dão testemunho de uma total consagração a Jesus. E que saúde ainda todas as autoridades civis e militares, em particular aqueles que foram eleitos pelos madeirenses como seus legítimos representantes. A nossa diocese celebrou há pouco os 500 anos da sua existência. É uma comunidade marcada pela maturidade da fé e pela missão.captura-de-ecrã-2019-01-13-às-21.47.46.png É o primeiro fruto eclesial da expansão atlântica portuguesa. Agora cabe-nos a nós a missão de sermos testemunhas da vida nova que Jesus oferece sempre e a todos. É dessa vida que o Bispo deve ser a primeira testemunha. É dessa vida nova – o Evangelho – que quero dar testemunho, enquanto Deus me der forças e saúde. Sempre e em toda a parte. Quero confiar desde já o meu ministério como Bispo do Funchal à intercessão de Nossa Senhora do Monte e do Apóstolo São Tiago Menor, padroeiros da nossa diocese e do Beato Carlos de Áustria. Conto convosco no desempenho desta missão: com a vossa fé, a vossa esperança e a vossa caridade.

Saúda-vos o

† Nuno, Bispo eleito do Funchal

 

in a semente nº 95

a semente

26240052_1964221797149432_7701113926560222252_o

“a semente” é um projeto pastoral de contacto com as comunidades paroquiais de Gaula e Lombada, que nasceu em 2016. Sendo um órgão de comunicação entre o pároco e as comunidades, muito nos orgulhamos pelas três valências que agora tem – Boletim, Rádio, Suplemento Infantil.
Estas valências nos levam para além fronteiras, particularmente com os nossos emigrantes, mostrando o que se faz, o que se trabalha nas nossas paróquias. Por isso, não perca nenhuma semente.

a semente|boletim – todos os domingos em versão digital e em papel.
a semente|rádio – todos os sábados a partir das 21:00h nas páginas do facebook da paróquia de Gaula e Lombada.
a sementinha|crianças – (suplemento mensal) todos os primeiros domingos de cada mês, em versão digital e em papel.

“a semente … sempre a crescer!”

Bom ano da tua equipa!

A Semente/Rádio- 81º Programa

a semente nº 95

captura-de-ecrã-2019-01-13-às-21.35.32.png

Viagem Paroquial à Irlanda de 19 a 26 de agosto de 2019

 

captura de ecrã 2019-01-13, às 22.24.58

Inscrições com o pároco até 15 de maio de 2019.

Vida Paroquial de 6 a 13 de janeiro de 2019

49431903_2215985648664175_1841532923979759616_o

a sementinha nº 11

captura de ecrã 2019-01-07, às 17.12.00

Maria caminho de Bênção e de Paz

captura-de-ecrã-2019-01-07-às-17.11.24.pngO bispo do Funchal presidiu na passada terça- feira, dia 1 de janeiro, na Sé do Funchal, à celebração da Solenidade de Santa Maria, Mãe de Deus.
“No limiar do novo ano, ainda na oitava do Natal, a Igreja convida-nos a mergulhar com Maria na contemplação do admirável mistério da encarnação do Verbo de Deus. Jesus, o Príncipe da Paz, está entre nós na fragilidade de uma criança”. Ele, “oferece-nos a riqueza do seu imenso amor”, para “nos apoiar a todos, pobres e ricos, santos e pecadores”. Ele “vem abençoar-nos e iluminar as trevas dos nossos corações e da nossa história, libertar-nos dos nossos medos e das nossas angústias”. É Ele que “tem a chave da nossa felicidade”, que “abre os nossos corações ao sol da esperança e da Paz”.
Numa alusão à palavra proclamada, D. António frisou que Maria “põe em relevo a humanização do Verbo de Deus, o filho unigénito do Pai” e “tornou-se para nós bênção e medianeira de todas as graças, Ela faz acontecer a plenitude dos tempos, dando à luz o Filho de Deus”. No que concerne ao Dia Mundial da Paz, D. António aludiu à mensagem do Papa Francisco ‘A boa política está ao serviço da paz’, referindo que o mesmo se “dirigiu à comunidade internacional sublinhando o dever e a necessidade de exercer um bom serviço político”. Com esta atitude as palavras do Santo Padre, “leva-nos a refletir sobre alguns aspetos fundamentais, para que seja possível viver-se em harmonia e construir a paz”. O prelado lembrou ainda que “o Papa evoca as bem- aventuranças da política do cardeal vietnamita Francisco Van Thuan, falecido em 2002: Bem aventurado o político que trabalha para o bem comum e não para os próprios interesses”.

in jornaldamadeira.com
in a semente nº 94

A Semente/Rádio- 80º Programa

a semente nº 94

captura de ecrã 2019-01-07, às 17.11.15

Missa de Natal 2018

Create a free website or blog at WordPress.com.

EM CIMA ↑

%d bloggers like this: