Pesquisar

Paróquia da Lombada

57 anos a caminhar com Maria

Catequeses Quaresmais

Anúncios

Programa Pastoral 2017-2018 / 2º Trimestre

“Viu e acreditou” – I Domingo da Quaresma

Iniciámos na quarta feira passada, o tempo da Quaresma. Para este ano o grupo de catequese propõe, para a catequese e para a comunidade paroquial, um guia para ajudar a viver este tempo de preparação, meditação e conversão. Em cada semana apresentaremos a Deus sementes que pretendemos que germinem em nós e dêem muito fruto.
Esta semana a semente que propomos é a da Esperança: Deus tem ESPERANÇA na humanidade, sejamos nós também sementes de esperança para transformarmos este mundo num mundo cada vez melhor.

 

 

“Viu e acreditou” – Campanha da Quaresma 2018

Vida Paroquial de 18 a 25 de fevereiro de 2018

Quaresma…Caminho de Amor, Felicidade e Salvação

Num dos últimos encontros com os adolescentes do 8ºano de catequese questionei-os acerca do tempo que se iria iniciar logo após o Carnaval. De entre algumas tentativas de resposta uma das adolescentes disse: “Quaresma… acho que é aquela coisa dos quarenta dias de Jesus…”
Com a Quarta-Feira de Cinzas iniciámos o Tempo da Quaresma. É curioso pensar porque será que este tempo começa logo no dia seguinte ao dia de Carnaval. Uns mais do que outros, passámos uma semana a viver numa correria… foram os cortejos alegóricos, as noites de discoteca, as iguarias dos sonhos e das malassadas… Foram tantas as tentações que nos invadiram!… E de repente, Jesus apresenta-nos uma proposta diferente: percorrer com Ele um caminho de quarenta dias! Um caminho de Amor, de Felicidade e de Salvação! Estarei pronto(a) para percorrê-lo? Como posso aceitar o desafio que Jesus me propõe? É preciso entrar dentro de nós mesmos e, no silêncio do nosso coração, escutar a voz de Deus que nos fala. É necessário “retirar-se” como Jesus, encontrar um lugar onde possamos rezar e estar em intimidade com Deus. Não esqueçamos também o encontro com os nossos irmãos, o estender a nossa mão amiga àqueles que precisam da nossa ajuda, a visita a um doente, a um idoso ou a quem se encontra na solidão.
Aos adolescentes que celebram neste 1º Domingo da Quaresma a Festa do Compromisso deixo um desafio: “Comprometer-se com Cristo, à Luz do Evangelho, percorrendo este Caminho de Salvação!”

Votos de uma Santa Quaresma!

Teresa Mata – Paróquia de Gaula
in a semente nª 59

A Semente/Rádio- 45º Programa

a semente nº 59

Para aceder ao boletim carregue neste link.

“Se quiseres, podes curar-me.”

No decorrer do denominado Dia Mundial do Doente, o evangelho mostra-nos uma das principais doenças que afectava a população no tempo de Jesus– a lepra. Hoje olhamos para a nossa sociedade e apercebemo-nos de uma série de doenças que atingem os nossos povos. A doença não é apenas algo físico. Por vezes, são doenças espirituais que nos causam grande dor. No evangelho, o homem que recorre a Jesus, reconhece-Lhe o poder de o curar. Assim, podemos afirmar que a doença coloca a nossa fé à prova e ao mesmo tempo revela a nossa capacidade de reconhecer em Deus, a cura para as nossas fragilidades. Segundo o Santo Padre, o Papa Francisco: “A doença, sobretudo se grave, põe sempre em crise a existência humana e suscita perguntas que nos atingem em profundidade. Podemos sentir-nos desesperados, pensar que tudo está perdido, que já nada tem sentido. Nestas situações, a fé em Deus se, por um lado, é posta à prova, por outro, revela toda a sua força positiva”. O testemunho do leproso ensina-nos que a doença pode aproximar-nos de Deus. Assim, podemos reconhecer n´Ele um desejo de nos curar das feridas do corpo e da alma. Jesus quer cuidar de nós nos nossos momentos de queda e de fragilidade. Ele quer tomar sobre si as nossas dores, ensinando-nos que o caminho da Cruz leva à salvação. É na Cruz do Senhor que encontramos o sentido das nossas dores.

Sérgio Fernandes – Paróquia da Lombada
in a semente nº 58

Vida Paroquial de 11 a 18 de fevereiro de 2018

A Semente/Rádio- 44º Programa

a semente nº58

Para aceder ao boletim carregue neste link.

Bênção e imposição das Cinzas

Via-Sacra

Festa do Pai-Nosso

No dia 4 de fevereiro de 2018 celebrou-se a Festa do Pai-Nosso presidida pelo Sr. Padre Hélder Gonçalves.

Ver mais fotos aqui.

 

Os Estigmas de Cristo

A caminho da época da Quaresma, é relevante realçar a importância do Culto das Cinco Chagas do Senhor, comemorado a 7 de fevereiro. As Cinco Chagas do Senhor, são as feridas que Jesus Cristo recebeu na Cruz e que manifestou aos Apóstolos depois da Ressurreição. Estas cinco Chagas são consideradas as fontes preditas por Isaías – fontes de misericórdia, de esperança e de amor – através da seguinte citação: Haurietis aquas in gaudio de fontibus SalvatorisTirareis com alegria água das fontes do Salvador, de onde é possível tirar todas as graças, com a presença da fé.
É relevante focar que nós portugueses, desde há muitos séculos, vivemos uma grande devoção em relação às Cinco Chagas do Senhor, como é possível constatar nos seguintes versos, retirados do livro Os Lusíadas, de Luís de Camões, onde se comparam as armas da Bandeira Nacional com as Chagas de Cristo: “Vede-O no vosso escudo, que presente/Vos amostra a vitória já passada,/Na qual vos deu por armas, e deixou/As que Ele para si na Cruz tomou.” (Os Lusíadas,1, 7).
Portanto, a devoção às Chagas de Jesus Cristo, são sinais amorosos do seu sofrimento e mais tarde de glorificação, que aperfeiçoam em nós, cristãos, a gratidão, que leva a pagar amor com amor, até ao sacrifício total, por Deus e pelos irmãos.

Igor Fernandes – Paróquia de Gaula
in a semente nº 57

a sementinha nº 3

Vida Paroquial de 4 a 11 de fevereiro de 2018

A Semente/Rádio- 43º Programa

a semente nº 57

Para aceder ao boletim carregue neste link.

Site no WordPress.com.

EM CIMA ↑

%d bloggers like this: