No dia 23 de outubro de 2016, o Sr. Padre Hélder Gonçalves acolheu, com muita alegria e carinho, as crianças do 1º ano de catequese: “É uma alegria receber-vos, em nome de Jesus, nesta Casa, que é de todos. Pois quem vos recebe, é a Jesus que recebe!”

img_2071

A Festa do Acolhimento

Padre Hélder: Estamos felizes, porque Jesus nos acolhe no seu coração, na sua casa, na sua Igreja, nesta comunidade, nesta grande família. O olhar de Jesus está sempre atento aos mais pequeninos, aos mais pobres, aos mais simples. Ele olha para dentro de cada um de nós. Ele vê o tesouro que há no nosso coração.

img_1984Mãe: É sempre uma Festa, quando Jesus nos acolhe. Há quatro, cinco ou seis anos, muitos de nós viemos aqui, para celebrar o batismo dos nossos filhos. A Igreja acolheu-nos, recebeu-nos com alegria. O Batismo foi a primeira porta aberta, para uma vida nova, para uma nova família. Obrigado, Sr. Padre, por nos ter acolhido, nesta casa de família. No coração dos nossos filhos, ficou o tesouro da vida divina.

Catequista Mafalda: É sempre uma Fesimg_1988ta, quando acolhemos estas crianças, na nossa comunidade. Os catequistas são enviados pela comunidade, para se tornarem colaboradores dos pais, na sua missão insubstituível, de primeiros educadores da fé dos filhos. Obrigado, caríssimos pais, por nos pedirem esta colaboração e nos confiarem os vossos tesouros. Queremos agradecê-los e merecê-los.

img_1990

 

Crianças: Em nome de todos os meninos do 1º ano, que se sentem bem acolhidos, nesta casa, quero dizer: «0brigado a todos»!

Padre Hélder: E eu quero dizer aos meninos do 1º ano e aos seus pais, que é uma alegria receber-vos, em nome de Jesus, nesta Casa, que é de todos. Pois quem vos recebe, é a Jesus que recebe!

 

 

Apresentação e oferecimento de uma flor 

As meninas e os meninos do 1º volume ofereceram a Jesus uma flor e receberam uma salva de palmas de toda a assembleia.

Ofertório 
Oração do Pai-Nosso
Saudação da paz

Padre Hélder: Queridos meninos e meninas do 1º ano da catequese: Neste momento não vos podeis aproximar da mesa da comunhão, para receber, na hóstia consagrada, Jesus, como Pão da Vida, por isso, eu próprio me aproximarei de vós, para vos fazer o sinal da Cruz e vos oferecer uma pequenina recordação desta Festa do Acolhimento.

 

img_2077

Fotografias de Cláudia Vieira

Anúncios