Os Cursilhos de Cristandade é um movimento de leigos, inserido na Igreja, que convida os fiéis a viverem os fundamentos da sua fé, apoiados pelo Evangelho, e a descobrirem a sua vocação pessoal, em comunidade.

História
Os cursilhos nasceram em Espanha, na Ilha de Palma de Maiorca, em 1944, por iniciativa de Eduardo Bonnín Aguiló. Na altura com 27 anos, o jovem deparava-se na com uma sociedade desenraizada de Cristo e procurou criar, especialmente junto dos mais jovens, um espírito mais apostólico e de maior testemunho da fé. Após um período de expansão em Espanha, os Cursilhos de Cristandade começaram a espalhar-se pelo mundo inteiro a partir de 1953. Em Portugal, o primeiro cursilho de cristandade realizou-se em Fátima, no dia 30 de Novembro de 1960. Desde a sua implantação, mais de 100 mil pessoas já tomaram parte nas actividades do movimento.

Dinâmica
O modelo dos Cursilhos de Cristandade apoia-se na criação de grupos. Depois da participação num primeiro cursilho de 3 dias de duração, os fiéis são convidados a continuarem a caminhar em grupo, nas comunidades, realizando ultreias (encontros) onde partilham as suas experiências de fé. O movimento, que adoptou São Paulo como padroeiro, é considerado pela Igreja como um fruto do Espírito Santo. Hoje em dia, os Cursilhos de Cristandade estão presentes em 50 países, de 5 continentes diferentes, abrangendo mais de dois milhões de homens e mulheres.

Texto da Agência Ecclesia | 2010-08-24

LogotipoO MCC tem um pequeno núcleo que participa ativamente, tanto nos cursilhos como nas ultreias. Se deseja conhecer este movimento e informar-se sobre as datas dos Cursilhos dirija-se à nossa paróquia e pergunte pelo responsável do movimento.

Anúncios