A Capela de São Pedro é sucessora da primitiva capela instituída por João Escórcio Drumond pelo ano de 1500.  No ano 1793 foi construída uma nova capela com as esmolas do povo e sob orientação do Padre Pedro João Martins. Foi nesta mesma altura que foi adquirida a imagem de São Pedro que ainda hoje é venerada por muitos.

mg_log-blogue.jpglog-blogue.jpg

A antiga capela de São Pedro estava situada próximo da Ribeira da Boaventura. João Escórcio Drumond mandou construir a dita capela em 1500. Em 1538 e de acordo com relatos dos Reverendos Jordão Jorge e Álvaro Dias a igreja de São Pedro era grande e boa com uma propriedade. Um inventário realizado em 1730 refere a existência de um cálice de prata, de dois castiçais de prata e um crucifixo de marfim.
A capela foi totalmente destruída por um devastador aluvião no dia 7 de Janeiro de 1772. Tinha chovido 24 horas seguidas e a ribeira da Boaventura encheu-se de um imenso caudal de águas e pedras. Uma grande enxurrada destruiu e arrastou para o mar a velha capela de São Pedro.

Texto retirado do livro Santa Cruz da Ilha da Madeira de Manuel Ferreira Pio